Vídeos

Caso você esteja inserido no universo do empreendedorismo, já deve ter escutado uma centena de vezes o termo pitch. Caso não, calma, explicaremos o que significa e alguns bons motivos de você ter um bem preparado na manga. Afinal, cedo ou tarde, de forma inesperada ou calculada, você possivelmente precisará usá-lo.

O pitch nada mais é do que uma apresentação curta de um produto. A grande diferença é que ela adota uma metodologia para facilitar a comunicação e entendimento entre quem tem algo a oferecer e as pessoas interessadas (geralmente investidores ou compradores). Na maioria das vezes, o pitch é o primeiro contato marcante, pode durar um pouco mais de 30 segundos (pith elevator) ou até 15 minutos (em apresentações formais), e que o leva posteriormente a novos patamares de negociação e entrosamento.

Como forma de construir um pitch fantástico, o apresentador deve ter um discurso conciso, objetivo e claro. Preferencialmente, com uma história envolvente, expondo seus diferencias em relação aos concorrentes e projeções do que aquele negócio pode trazer. Veja quatro pontos essenciais para você fazer o seu pitch fantástico.

I - Responda às perguntas chaves

Quais são as oportunidades e o mercado que irá atuar? Qual é a sua solução? Quais são os diferenciais em relação ao concorrente? Essas são algumas perguntas que todo o pitch deve responder. Por isso, na apresentação, é importante saber descrever bem o produto ou serviço. Caso seja uma tecnologia complexa, é preciso deixá-lo simples e compreensível. Esse não é o momento para detalhes técnicos do desenvolvimento. "O ponto fundamental é deixar claro o problema através de um dado real e relevante. Quando você não deixa claro o que quer resolver, a apresentação se perde", indica Luiz Fernando Gomes, organizador e mentor do Startup Weekend.

II – Conte uma boa história
Uma das principais dificuldades em uma apresentação é conseguir manter a atenção do ouvinte todo o tempo. São muitos fatores que podem levar o receptor a se distrair, isso inclui apresentações chatas. Uma boa forma de prender a atenção é contar histórias. Relatar os apuros passados por um consumidor — para, em seguida, contar como sua solução melhorou a vida dele — é um formato eficiente. Mas cuidado: "não divague, lembre-se que seu tempo é limitado. Escolha os fatos que gerem impacto positivo", indica Luiz Fernando. Outra boa estratégia é utilizar frases de efeito e impactantes no início da apresentação e que sintetizem bem o negócio.

III – Alerta aos slides
Cuidado, mas muito cuidado mesmo com os slides. Eles podem fazer com que apresentações fiquem maravilhosas ou horrorosas. Excessos de textos, efeitos exagerados e bonequinhos do clip-art devem ser providencialmente evitados. O ditado: "uma imagem vale mais que mil palavras" também é real em apresentações. Por isso, sempre que possível, substitua uma frase ou um parágrafo por uma imagem. Outra dica é criar um esboço no papel antes de começar a trabalhar no computador. Tente estruturar onde estarão imagens e texto em seus slides - isso pode lhe dar novas ideias e evitar desperdício de tempo.

IV - Tenha mais de um pitch na cabeça
"Cada investidor e público tem um interesse distinto, assim, é preciso pensar em diferentes formas de atrair o seu ouvinte do momento", indica o empreendedor Edson Mackeenzy. Por isso, ter duas, três ou até mais versões do mesmo pitch é o ideal. Antes da apresentação em si, descubra qual é o nível de conhecimento do público para adaptar o seu pitch com informações mais avançadas ou básicas. E lembre-se: treino muito. Para encantar em um pitch é preciso mostrar segurança e que você domina bem o assunto.

VÍDEO

Conversamos mais sobre o assunto "pitch", com o| Edson Mackeenzy, um dos principais experts do Brasil em apresentações, que indicou outras dicas:

 

{youtube}https://www.youtube.com/watch?v=xjr41jq6hTo{/youtube} 

 

Matéria originalmente publicada na edição 27 da Revista Administradores

| Contribuíram com esse material os empreendedores Edson Mackeenzy, CEO do Videolog, e Luiz Fernando Gomes, COO da Lotebox e organizador e mentor do Startup Weekend.

Fonte: www.adminstradores.com.br

 

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd