Dicas

Veja as recomendações de empreendedores para que a sua empresa se destaque no mercado:

 

  1. Pesquise
    Para Marcelo Lisboa, fundador e CEO da HelloFood, plataforma online para delivery, analise o comportamento de clientes e foque nos pontos positivos do seu produto ou serviço. Além disso, estude concorrentes que atuam em mercados mais maduros e busque diferenciais que ainda não estão disponíveis no mercado local.
    Invista no pós-venda

  1. Stella Kochen Susskind, presidente da Shopper Experience, empresa de avaliação do atendimento ao consumidor, afirma que uma boa experiência de compra é essencial para se diferenciar. Importante também levar isso para o pós-venda. “Muitas experiências de compras não muito boas são compensadas com um atendimento pós-venda adequado. Ou seja, troca de produto sem tomar muito tempo do cliente”, explica.

  2. Seja ágil
    Para Patrick Nogueira, fundador da startup Baixou, é necessário agir nos pontos em que a concorrência é fraca e lançar produtos mais rápido. Quando o concorrente lançar algo novo, é preciso ser ágil para tomar decisões.

  3. Pesquise novas necessidades
    Florian Hagenbuch, cofundador da Printi, plataforma de impressão via internet, afirma que inovar é essencial para a sobrevivência de qualquer empresa. “O diferencial vem mesmo de saber aplicar informações sobre o cliente e da concorrência para gerar inovação como vantagem competitiva sustentável”, explica.

  4. Conheça bem o seu produto
    Para Marcio Campos, fundador e CEO da PagPop, de pagamento móvel, o empreendedor precisa conhecer bem a sua empresa. “Entre as melhores práticas está o profundo conhecimento do empreendedor sobre seus serviços ou produtos e o acompanhamento incansável da percepção do consumidor final”, conta.

  5. Seja transparente
    Para se diferenciar no mercado, Guilherme Mamede, CEO da Melt DSP, especializada em publicidade digital, afirma que sempre teve como foco a transparência. “Nós sempre geramos um relatório e mostramos onde a publicidade é veiculada. Decidimos adotar essa filosofia de trabalho para passar credibilidade e ganhar a confiança do cliente a longo prazo”, explica o empreendedor.

  6. Ofereça produtos inéditos
    Os principais concorrentes do Sonoma, curadoria de vinhos online, são os supermercados. “Buscamos coisas inéditas e diferentes do que estão nos supermercados. Sempre pensando em novidades e coisas que realmente vão resultar no consumidor sair da mesmice e desenvolver o paladar”, explica Alykhan Karim, CEO e fundador da startup.

  7. Incentive a participação
    A cada duas semanas, a equipe de desenvolvedores do Elo7 se reúne para o Hack Day. Durante esse dia, eles expõem ideias de novos projetos. “Estamos constantemente incentivando todos a terem uma postura empreendedora e criativa que faz a empresa sempre pensar em dois ou três passos adiante e nunca estar satisfeita com os resultados alcançados, mesmo quando positivos”, explica Carlos Curioni, CEO do Elo7.

  8. Personalize o seu negócio
    Genau Lopes Junior, da Joox, startup de impressão, aposta na pesquisa. “Pode ser um nicho, um produto com um componente diferenciado, uma cor, um formato. O importante é nunca ser igual e evitar atender da mesma forma e entregar da maneira que todos entregam”, exemplifica.

  9. Mantenha-se atualizado
    “É fundamental o contato diário com notícias, novidades e oportunidades do seu ramo. Ao ler e estudar essas novidades, o empreendedor terá uma visão muito mais ampla e poderá sair na frente em áreas de interesse”, afirma Bruno Barbosa, CTO do TagPlus. Ele também acredita que para se ter sucesso é preciso ser muito bem informado na área em que atua.

  10. Invista em networking
    Uma das práticas essenciais para se diferenciar da concorrência é manter uma relação próxima com os clientes. Além disso, Gabriel Gaspar, cofundador do Nibo, um software online de gestão financeira, acredita que é importante desenvolver relações que podem fazer a diferença na hora de fechar um contrato importante para a sua empresa.

  11. Insista na mudança
    Tonico Dias, criador do ImovelBid, site que agrega ofertas de apartamentos, afirma que é difícil se diferenciar quando há uma cultura implantada há muito tempo no setor que você atua. “Acreditamos que há uma resistência das pessoas em contatar os corretores, então focamos no auto-atendimento para disponibilizar os nossos corretores apenas em momentos cruciais, como visitas e fechamento”, explica Dias.

  12. Monitore o seu concorrente
    Monitore a concorrência e tome cuidado com ideias copiadas. Eldes Mattiuzzo, CEO da Bidu.com.br, de cotação e contratação de seguros online, afirma que o empreendedor deve usar ferramentas de monitoramento. “Sites como o Google Trends podem dar uma boa noção do volume de buscas das marcas de seus concorrentes e o quanto eles estão crescendo”, ensina. Estudar empresas concorrentes do mercado nacional e internacional é uma prática essencial para quem deseja se diferenciar.

  13. Seja flexível
    Para Tiago Yonamine, fundador do Trampos.co, as vantagens de ser uma startup ajudam na hora de se diferenciar das grandes empresas concorrentes. “Nossos processos são maleáveis e possuímos flexibilidade para nos moldarmos de maneira ágil conforme as respostas que sentimos do mercado”, diz.

  14. Não entre em guerras de preços
    Competir diretamente com os concorrentes pode ser prejudicial para o seu negócio. “Ao invés de entrar em guerras de preço e de difamação, tente alocar a sua energia e os seus recursos em entregar um produto de qualidade e em manter os seus clientes e parceiros totalmente felizes e satisfeitos”, recomenda Julio Vasconcellos, cofundador e CEO do Peixe Urbano.

  15. Conheça a fundo seu público-alvo
    Emilia Chagas, cofundadora da Contentools, empresa especializada em marketing de conteúdo, afirma que antes mesmo de o cliente adquirir o produto ou serviço ele precisa entender qual é a proposta de valor da empresa ou startup. “Quem são essas pessoas? O que as mantêm acordadas à noite? Como minha solução as ajuda a levar uma vida pessoal ou profissional melhor? Saber as respostas dará ao empreendedor um conhecimento diferenciado”, explica.

  16. Capacite-se
    Não se acomode. Para Álvaro Garcia, cofundador do PedidosJá, o mais importante é ter vontade e atitude para aprender e implementar na prática o aprendizado. “Esta é a base da inovação, sobretudo se você trabalha em um setor como internet em que você precisa ser diferente e não apenas mais um”, completa.

 

Fonte: Exame.com

Our website is protected by DMC Firewall!